Reciclagem em São Francisco com Recology | Mares Limpos

Eu tô aqui na prefeitura de São Francisco no Departamento de Meio Ambiente pra entender um pouco o papel do Poder Público quando a gente pensa em Mares Limpos, e quando a gente pensa em cidades limpas Afinal de contas o nosso lixo começa onde ele é gerado, e ele não é gerado no mar

Ele é gerado nas cidades e no campo Ele é gerado onde as pessoas estão Eu acho que a coisa mais importante é que nós temos um sistema centralizado pra pegar resíduos e materiais recicláveis e temos o que chamamos de pague-o-que-joga, o que significa que se você tem uma coisa que você quer se livrar, você tem que pagar por isso ou você não vai se livrar disso e quanto mais você tem, mais você paga Assim, as pessoas não podem simplesmente jogar fora o que elas querem, o que é o caso em muitos lugares onde pagam por seus serviços através de impostos Se elas sabem que estão gastando dinheiro com isso, então você muda o comportamento delas

Isso é uma coisa muito importante e é difícil de fazer em muitas cidades onde coisas como água, energia e serviços de limpeza são todos pagos com um imposto só E porque nós temos essa separação, nós temos uma parte separada do dinheiro que vai para os serviços de resíduos Nós basicamente trabalhamos com a empresa de resíduos local, que na verdade se chama Recology Em São Francisco, temos três caixas para uma casa, uma lixeira azul para reciclagem de garrafas, latas e papel, uma lixeira verde para coisas que podemos compostar, como cascas de vegetais, borra de café, cascas de ovo, até ossos de galinha e depois temos uma lixeira preta, que é menor, pras coisas que você não pode reciclar ou compostar, mas muito pouco vai nessa última lixeira, porque tem muita coisa que a gente pode fazer com reciclagem e muita coisa que a gente pode fazer com compostagem Então São Francisco está realmente no caminho para o desperdício zero

E nós somos a Recology, somos a empresa de reciclagem da cidade e nós vamos uma vez por semana para uma casa e esvaziamos as três latas Pegamos todo o material e reciclamos e compostamos a maior parte A gente faz muita compostagem Custa cerca de 40 dólares americanos por mês, que é uma tarifa, um preço definido pela cidade Então a cidade é a chefe e a cidade regula o programa, então eles olham para todas as nossas despesas e todas as nossas receitas aqui na Recology, e então determinam o que é um preço justo para os moradores

E a gente faz muita reciclagem, então quando reciclamos o vidro, o metal e o papel, poderemos vendê-los a lugares que produzem novos papéis, novos metais e novos vidros Então uma parte do dinheiro volta pra cidade, volta pro sistema, o que ajuda a pagar por todo o programa Então, fazendo mais reciclagem, podemos trazer mais dinheiro para a cidade, ajuda cidades a economizar em dinheiro Ajuda famílias a economizar em dinheiro Se você trazer seus próprios potes e as suas próprias sacolas para o supermercado, então você está pagando apenas pela comida que você compra

Se você vai a um feira e compra frutas e vegetais soltos, não há embalagem Você paga apenas pelas maçãs, pelas alfaces e pelas bananas e você pode até trazer seu próprio recipiente para pegar ovos E assim não há embalagem Então há menos custo na experiência geral Assim no final tem menos custo pras famílias e pros indivíduos