O Amor e o Poder do Indivíduo | MARES LIMPOS #10

A revolução industrial foi um marco na evolução humana Em 200 anos, transformamos a forma como nos deslocamos, como nos comunicamos, trabalhamos e nos alimentamos

Todas essas mudanças só foram possíveis graças à evolução da tecnologia e começaram com o objetivo de facilitar o dia a dia e aumentar a expectativa e qualidade de vida no planeta Essa é uma história que levou a nossa espécie a mudar o mundo Mas hoje temos informações suficientes pra entender que nem todas as mudanças foram pra melhor E a gente também sabe que quem mais vai sofrer com as consequências são justamente as próximas gerações, aquelas que achávamos que se beneficiariam Mas essa ameaça à vida no planeta causada justamente pela chamada evolução, pode ser também uma oportunidade de repensarmos o nosso papel aqui

E pra isso a gente precisa começar a agir pelo coração Durante toda a produção dessa série eu tive o privilégio de conhecer e conversar com pessoas que se dedicam de corpo e alma para preservação dos oceanos Uma parte dessas pessoas são engenheiros, cientistas formados, mas boa parte são pessoas comuns que resolveram tomar uma atitude para mudar a realidade ao seu redor, que começaram a se ver no mundo de uma forma diferente e a exercer a sua cidadania de maneira empoderada Mas o que será que todas essas pessoas tem em comum? O Amor Esse é o Afroz, um advogado que vivia próximo de uma das praias mais poluídas da Índia

Até o dia em que ele decidiu parar de olhar a sujeira da janela e arregaçar as mangas nos seus finais de semana pra limpar E pra conversar com as pessoas E ele foi convencendo uma por uma da gravidade do problema E cada vez mais pessoas passaram a ajudar nessa limpeza E hoje ele coordena um movimento que reúne mais de 12 mil voluntários, no que foi definido pela ONU como a maior limpeza de praia do mundo

E é por isso que quando eu conversei com ele a primeira coisa que eu perguntei foi: como você conseguiu isso? A resposta é amor Nós, humanos, precisamos interagir Quando você interage com amor, não há nada igual Então esse é o denominador comum, o amor E então você conecta as pessoas e aí acontece uma construção de ligações

Se você vier a minha casa em um sábado, você vai encontrar centenas de voluntários, nós vamos estar cozinhando, comendo e estaremos nos unindo dentro de cada momento E esse é um relacionamento duplo, você se relaciona com as pessoas e se relaciona com o ambiente É assim que funciona Eu vou te contar, eu tiro essa inspiração de um dos combatentes pela liberdade do meu país, da Índia de onde eu venho, Mahatma Gandhi fez isso A ideia toda é que ou você muda a cabeça e o coração das pessoas para trabalhar em conjunto com o que está acontecendo com a natureza, ou usar medidas coercivas

Eu acredito em fazer isso pelo amor, e é assim que o movimento se desenvolveu Você sabe, o amor pela natureza vem primeiro junto com o amor pelos seres humanos Quando você começa a se entrosar e a amar as pessoas, você chega nesse ponto em comum do que se deve fazer "Nós nascemos criativos e nascemos engenhosos Ou o sistema melhora ou amortece isso”

Nós vamos ter que procurar maneiras e meios de aumentar nossa criatividade Criatividade, para mim, significa viver em uma metrópole como Mumbai, cheia, com 22 milhões de pessoas, e unir-se a essas pessoas Trazendo todo mundo à uma mesma plataforma, trabalhando duro Nós, seres humanos, temos características diferentes, práticas diferentes, às vezes nós discordamos, discutimos, somos intelectuais, somos inteligentes, temos todos os tipos de pontos de vista, mas se você levar todos a um entendimento comum onde não há nada além de amor um pelo outro e amor pela natureza, tudo vai funcionar bem Essa é a Mellati, ela cresceu na Indonésia, um dos países que mais sofrem com a poluição do plástico nos rios e mares

Ela só tem 17 anos, mas com 12 ela e a sua irmã começaram um movimento pra banir as sacolas de plástico no país fazendo abaixo assinados, educando turistas nos aeroportos de Bali e promovendo limpezas de praia, inclusive chegaram a fazer greve de fome pra conversar com o governador local Resultado: uma reunião com o Secretário-Geral da ONU, diversos acordos já assinados com as autoridades locais, com uma promessa de banir sacolas plásticas em Bali em 2018 e de toda Indonésia em 2021 e milhares de voluntários mobilizados ao redor do mundo para dar adeus a essa praga plástica Tudo isso pelo amor Ao local onde elas passaram a sua infância O ambiente sempre foi uma grande parte da nossa educação

Vivendo em uma casa, no meio dos campos de arroz, a 100 metros do mar, o ambiente sempre foi nosso maior e mais preferido playground Então eu acho que mesmo com 10 e 12 anos, nós pudemos ver o impacto direto e imediato que o plástico estava tendo em nosso ambiente E aí, você sabe, junto com a conscientização sobre a poluição plástica, nós nos inspiramos em uma lição na sala de aula sobre pessoas, líderes mundiais e criadores de mudanças Ficamos tão inspirados que dissemos “o que podemos fazer?” Porque estamos vivendo isso, isso é a nossa vida diária A gente está vendo as mudanças pelas quais nosso ambiente está passando em um ritmo tão rápido e quando algo se torna sua realidade e você vê os problemas

Eu não sei, mas acho que há algo de especial na nossa geração em que nós nos levantamos e vemos o que está acontecendo na nossa vida Então, o que vamos fazer sobre isso? É realmente muito mágico o que conseguimos realizar sem um plano, porque eu acho que quando você é um adulto e você sabe, você está tão acostumado com todos os conceitos de negócios, você tem que sair para o mundo com uma ideia, mas também com um plano, com um orçamento e estratégia, tudo isso E para nós foi vindo do coração, você sabe, e ainda está evoluindo todos os dias

A missão é tornar a ilha livre de sacolas plásticas e nós estamos alcançando isso através de vários canais diferentes Mas acho que o primeiro passo que nós demos é também a primeira lição que nós aprendemos, que é equipe Então, para qualquer jovem que tenha uma ideia, ótimo! Pense nisso, mas se cerque de pessoas que podem levar essa ideia para o próximo passo Essa é a Kristal, ela é uma cientista nas Bahamas que certo dia se deparou com uma tartaruga sendo asfixiada por causa do tanto de plástico que tinha ingerido Foi quando ela percebeu que mais do que cientista, ela era cidadã

Por isso fundou um movimento que busca educar e empoderar os jovens pra evitar que cenas como essa voltem a acontecer Um dos principais componentes do nosso programa educacional é o chamado Acampamento de Verão sobre Poluição Plástica e Conservação do Oceano É um acampamento de verão para estudantes, é gratuito e põe nossos alunos por 5 a 7 dias em um programa educacional sobre o plástico Então eles fazem pesquisas científicas sobre o assunto na ilha, no Oceano Atlântico, vasculhando os microplásticos Eles dissecam os estômagos de peixes como o mahi-mahi e o atum e fazem uma análise de conteúdo para procurar por ingestão de plástico em seus estômagos, eles vão às praias fazer limpeza de praia e pesquisas de praia e eles também observam pássaros, como o albatroz e a gaivota, vendo como esses animais são impactados pelo plástico

Então, de uma forma criativa, com todos os detritos que nós coletamos da praia, nossos alunos fazem arte e artesanato, como jóias e isso é um ponto que ajuda a divulgar, né? “Menina, onde você arrumou esses brincos? Ah, da praia!” Isso cria uma plataforma perfeita para falar sobre poluição plástica e os detritos que são levados e como podemos fazer mudanças no estilo de vida para limitar isso Em janeiro deste ano nós viajamos para a capital para conhecer o Ministro do Meio Ambiente e os estudantes, com a ajuda de um advogado local, elaboraram um projeto de lei para a proibição da poluição plástica nas Bahamas E nós levamos isso para o Ministro do Meio Ambiente, fomos ao seu escritório, fizemos uma apresentação para ele e os alunos disseram “é isso que queremos para o nosso país, para a nossa saúde, para os nossos ecossistemas” E ele concordou, isso foi anunciado, se tornou viral e o mundo todo viu, certo? Então, agora esses ministros, o governo, eles vão ter que prestar contas, isso vai ter que acontecer E há muita educação pública que certamente precisa ser associada a isso, muito envolvimento para que eles realmente entendem o que isso significa para eles

Então agora nós estamos trabalhando em uma legislação para garantir que esse pedido realmente se torne uma lei O Eric você também já viu por aqui, e vale assistir à entrevista completa que fizemos a bordo do seu barco Eric era só um pescador de salmão que se cansou de ver a Baía de San Diego poluída, e daí por conta própria, inventou um barco que já recolheu mais de uma tonelada de lixo E agora quer transformar isso em um novo tipo de negócio e emprego Eu sou um cara de ação, eu saio por aí e faço o que precisa ser feito, porque essa é a mudança que precisamos neste mundo

E isso começou comigo, com essa motivação, em deixar meu emprego, em comprar um barco, em contratar um advogado, em conseguir uma patente, concentrar-se apenas no problema e concentrar-se na solução Então, sim, as pessoas me chamam de louco, sabe, “você nunca vai pegar todo o lixo, você nunca vai fazer isso, você nunca vai, você é totalmente louco, você estragou suas economias para comprar este barco e pegar lixo" Bem, o que você faz da sua vida? Eu não sei Isso é o que estou fazendo, então aqui estou eu E é claro que a gente não poderia deixar de mencionar o exemplo do Diego aqui no Brasil

Se você ainda não viu, dá uma olhada na entrevista com esse vendedor de frutas que decidiu montar uma ecobarreira pra limpar as águas do rio que passa atrás da casa dele O motivo? Seus filhos Eu nasci nessa região aqui, atualmente hoje eu tenho dois filhos Eles sempre me perguntavam porque a gente tinha que sair longe pra nadar, pescar ou ir numa praia se a gente tinha um rio do lado de casa Hoje não é possível mais

Então, eu queria mostrar pra eles que é possível fazer algo pelo rio, pela natureza, pelo nosso meio ambiente para, quem sabe um dia, num futuro bem próximo, voltar a ser realidade esse rio, um rio limpo Então a mensagem principal que eu quero passar pras crianças é que eles cresçam com uma mentalidade diferente da nossa, que eles olhem o rio assim como um patrimônio maior, que tem que ser, a água, pra deixar um futuro melhor pros filhos deles também Todas essas pessoas com histórias inspiradoras começaram sozinhas, acreditando que por menor que fossem as suas atitudes, elas fariam a diferença Todas começaram com algo que tocou seus corações, como uma atitude de amor: amor pelo próximo, amor pelo mar, amor pela natureza, e sobretudo amor à vida Foi o amor que me fez há 4 anos começar o Menos 1 Lixo, mesmo eu sendo uma pessoa, uma pessoinha com meu copinho, eu acreditei que uma atitude faria a diferença

E olha quanta coisa já aconteceu Só nesse canal são alguns milhões de views Pode parecer piegas, mas o amor é sim, a força mais poderosa desse mundo, o amor move montanhas Ele é o nosso maior poder Ele é o poder que faz a gente super

Não heróis, mas humanos Porque não se engane, a gente não nasce humano, a gente nasce humanóides Nós só nos tornamos humanos quando quando a gente consegue vivenciar o amor, e empatizar com o outro Mesmo que esse outro não fale, mesmo que ele seja aquela tartaruga que a Krystal viu asfixiar No final de cada episódio dessa série, eu tenho deixado um desafio para as próximas duas semanas, mas nesse último episódio eu quero deixar um desafio pra vida: o que o amor que tem dentro de você pode fazer pra mudar a realidade aqui fora? O que você pode fazer para mudar o mundo? Sonhe grande, pesquise, corre atrás, erre, mas comece

Comece um movimento de amor Nada pode ser mais gratificante do que a gente saber que tá usando o nosso super poder pra ter mares limpos, biodiversidade viva, florestas em pé, menos lixo Não se importe com os resultados, o caminho vai se trilhando a cada passo E tá na hora da gente dar novos passos Então obrigada por acompanhar a gente até aqui, de ser parte da mudança que a gente quer ver no mundo

Obrigada por compartilhar nossos vídeos e empoderar mais pessoas Que essa corrente não se quebre, então compartilha mais esse, dá um like, se inscreve no canal, pra você saber o que é que juntos nós podemos fazer pra termos Menos 1 Lixo, Mares Limpos e claro, mais amor!