IBGE Explica • ODS 4

Olá, sejam bem-vindos à série especial do IBGE Explica sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável! Chegou a vez de falarmos do quarto objetivo! Ele diz respeito a um bem imaterial da maior importância, que, uma vez concedido, jamais pode ser tirado ou usurpado: educação de qualidade!! O quarto objetivo visa a assegurar uma educação inclusiva, equitativa e de qualidade, que promova oportunidades de aprendizagem para todos ao longo de suas vidas Educação de qualidade é aquela que desperta e potencializa as habilidades do ser humano como um todo

Ela descortina um mundo de possibilidades O ideal de liberdade e o pleno exercício da cidadania passam obrigatoriamente por ela Sem ela, o ser humano encontra-se restrito, incompleto Saciadas as necessidades básicas de sobrevivência: ter o que comer, dinheiro para se sustentar e saúde para trabalhar, um desafio maior se impõe: estimular a aprendizagem, o conhecimento, a criatividade do ser humano e, aliar a tudo isso, valores de respeito mútuo e cidadania Quando a educação é eficaz, outras melhorias são alcançadas paralelamente

Uma população com acesso à educação via de regra se alimenta melhor, cuida melhor de sua saúde, se coloca melhor no mercado de trabalho e, com isso, gera menos pobreza e mais crescimento econômico Mas há ainda nos dias de hoje 58 milhões de crianças em idade para cursar o ensino fundamental que não frequentam a escola E entre as que frequentam, muitas não conseguem aprender os conteúdos mais básicos Estima-se que, no mundo, pelo menos 250 milhões de crianças em idade escolar não sejam capazes de ler, escrever ou contar bem o suficiente para atender aos padrões mínimos de aprendizagem Esses dados incluem meninos e meninas que passaram pelo menos quatro anos na escola

Segundo a Unesco, serão necessários 8,4 milhões de professores até 2030 para garantir as necessidades educacionais das crianças do ensino primário e secundário Os dados mostram que a África subsaariana é a região do mundo que terá a maior carência de professores: aproximadamente 4,6 milhões Mas com os salários e condições de trabalho precárias, especialmente nos países em desenvolvimento, quem irá se aventurar? Veja a situação do Brasil: segundo relatório produzido por um comitê técnico do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (Cdes) da Presidência da República, a remuneração média dos professores brasileiros, em 2012, era equivalente a 51% do valor médio obtido pelos demais profissionais com nível superior completo Além disso, professores e alunos precisam de condições favoráveis ao processo de ensino-aprendizagem: menor número de alunos por classe, escolas seguras, com água e saneamento, material didático, equipamentos, eletricidade, acessibilidade, entre outros Isso pode parecer óbvio!!

Só que não!!! Por falta de banheiros, por exemplo, muitas meninas na África Subsaariana abandonam a escola na puberdade, quando começam a menstruar E não precisa ir muito longe dados do Censo Escolar de 2014 revelam, por exemplo, que apenas 5% das escolas da área rural contam com esgoto encanado, 15% não têm nenhum tipo de estrutura para lidar com os resíduos e 14% têm serviço de água inexistente Situações como essa não podem persistir mais! Acreditamos no poder transformador da educação

Faça você também parte dessa mudança!!! Saber e conhecimento são libertadores, ajudam a ver além, a sonhar mais alto!!!! Venha sonhar mais alto você também, não deixe também de conferir os outros 16 Objetivos aqui em nosso canal Até a próxima!!