Como a reciclagem em São Francisco de compara às do resto do mundo? | EXTRA MARES LIMPOS #9 parte IV

A solução vai ser diferente pra cada cidade Não estamos dizendo que o que funciona em São Francisco é certo para o mundo todo ou necessariamente para essa cidade, ou para aquela cidade

Mas também é muito interessante para nós, olhar para outros lugares Como o método empregado por vocês se compara ao de outros lugares do mundo? Por exemplo, na Alemanha, eles não reciclam muitas garrafas Eles reutilizam muitas garrafas, garrafas de cerveja, garrafas de vinho Eles as lavam e reabastecem, o que é melhor que a reciclagem É preciso menos energia que a reciclagem

E assim as pessoas levam um carrinho para o mercado Eles enchem com seis garrafas de cerveja e depois trazem para casa e depois bebem a cerveja e depois colocam as garrafas vazias de volta no carrinho de compras e as trazem de volta para a loja e a loja pega as garrafas e as lava e o fabricante coloca cerveja nova nas mesmas garrafas Isso é algo que nossos avós faziam Isso foi algo muito mais comum há 50 anos E aí alguém no departamento de contabilidade de uma das grandes empresas de bebidas concluiu que "podemos ser mais lucrativos em nossa empresa se a gente puder transferir para a sociedade a responsabilidade por essa embalagem

Não precisamos ter todas essas vamos precisar de um lugar para lavagem de bebidas e empregar todos essas pessoas lavando todas essas garrafas, levando elas e fazendo transporte para cima e para baixo Podemos colocar nossas bebidas em uma garrafa de plástico e então a gente fica fora do ciclo” Esse é um modelo mais linear Mas é muito ruim para a sociedade e é um modelo antinatural Na natureza, todos nós sabemos, nós temos ciclos

É muito melhor encher a garrafa e incluir todo mundo dentro desse ciclo